Olá Desenvolvedores !

Sejam bem-vindos ao 🏆1º Concurso de Artigos Técnicos em Português da InterSystems 🏆 

Escreva um artigo sobre qualquer tema relacionado às tecnologias InterSystems no período de 14 de Março a 14 de Abril de 2022.

   

Estamos empolgados com a sua participação. Participe!

Monte sua equipe e participe enviando um artigo em conjunto. Aproveitem que haverá bônus para participação em parceria. 

Premiação para todos: Todos os membros que publicarem artigos que atendam aos requisitos do concurso durante este período receberão um prêmio especial!

14 7
4 652
InterSystems Developer Community é uma comunidade de 11,133 desenvolvedores incríveis
Somos um local onde os programadores aprendem e compartilham, permanecem atualizados, crescem juntos e se divertem!

Neste artigo eu gostaria de falar sobre a abordagem de especificação primeiro (spec-first) para o desenvolvimento de APIs REST.

Embora o desenvolvimento de API REST com código primeiro (code-first) tradicional seja assim:

  • Escrever o código
  • Habilitando-o com REST
  • Documentando-o (como uma API REST)

A especificação primeiro (spec-first) segue os mesmos passo, mas ao contrário. Começamos com uma especificação, também usando-a como documentação, geramos uma aplicação REST padrão a partir dela e, finalmente, escrevemos alguma lógica de negócios.

Isso é vantajoso porque:

  • Você sempre tem uma documentação relevante e útil para desenvolvedores externos ou front-end que desejam usar sua API REST
  • A especificação criada em OAS (Swagger) pode ser importada em uma variedade de ferramentas permitindo edição, geração de cliente, gerenciamento de API, teste de unidade e automação ou simplificação de muitas outras tarefas
  • Arquitetura de API aprimorada.  Na abordagem de código primeiro (code-first), a API é desenvolvida método a método então um desenvolvedor pode facilmente perder o controle da arquitetura geral da API, no entanto, com a especificação primeiro (spec-first), o desenvolvedor é forçado a interagir com uma API a partir da posição de um consumidor de API, o que geralmente ajuda no design de uma arquitetura melhor da API.
  • Desenvolvimento mais rápido - como todo código padrão é gerado automaticamente, você não terá que escrevê-lo, tudo o que resta é desenvolver a lógica de negócios.
  • Loops de feedback mais rápidos - os consumidores podem obter uma visão da API imediatamente e podem oferecer sugestões com mais facilidade, simplesmente modificando as especificações
    Vamos desenvolver nossa API em uma abordagem de especificação primeiro!
2 0
0 614
Artigo
Lily Taub · Dez. 21, 2020 9min de leitura
Um tutorial sobre WebSockets

Introdução

A maior parte da comunicação servidor-cliente na web é baseada em uma estrutura de solicitação e resposta. O cliente envia uma solicitação ao servidor e o servidor responde a esta solicitação. O protocolo WebSocket fornece um canal bidirecional de comunicação entre um servidor e um cliente, permitindo que os servidores enviem mensagens aos clientes sem primeiro receber uma solicitação. Para obter mais informações sobre o protocolo WebSocket e sua implementação no InterSystems IRIS, consulte os links abaixo.

1 0
0 447

Introdução

Estamos na era da economia multi-plataforma, e as API's são a "liga" deste cenário digital. Sendo tão importantes, elas são encaradas por desenvolvedores como um serviço ou produto a ser consumido. Assim sendo, a experiência na sua utilização é um fator crucial de sucesso.

8 2
2 390

O Google Cloud Platform (GCP) fornece um ambiente rico em recursos para Infraestrutura como um Serviço (IaaS) como uma oferta em nuvem totalmente capaz de oferecer suporte a todos os produtos da InterSystems, incluindo a mais recente plataforma de dados InterSystems IRIS . Deve-se ter cuidado, como com qualquer plataforma ou modelo de implantação, para garantir que todos os aspectos de um ambiente sejam considerados, como desempenho, disponibilidade, operações e procedimentos de gerenciamento.  As especificidades de cada uma dessas áreas serão abordadas neste artigo.

1 0
0 375

Introdução

Com a transformação digital no mundo dos negócios, novos recursos ou funcionalidades nos softwares oferecidos por uma empresa, podem significar vantagem competitiva. No entanto, se o time de TI não estiver preparado com a cultura, metodologia, práticas e ferramentas corretas, pode ser muito difícil garantir a entrega dessas novas funcionalidades a tempo hábil.

4 0
0 334

Desta vez, quero falar sobre algo não específico do InterSystems IRIS, mas que acho importante se você deseja trabalhar com Docker e seu servidor no trabalho é um PC ou laptop com Windows 10 Pro ou Enterprise.

Como você provavelmente sabe, a tecnologia de contêineres vem basicamente do mundo Linux e, hoje em dia, está em hosts Linux onde apresenta potencial máximo. Quem usa o Windows normalmente vê que tanto a Microsoft quanto o Docker têm feito esforços importantes nos últimos anos que nos permitem rodar contêineres baseados em imagens Linux em nosso sistema Windows de uma maneira muito fácil... mas é algo que não é suportado para sistemas em produção e, este é o grande problema, não é confiável se quisermos manter os dados persistentes fora dos contêineres, no sistema host... principalmente devido às grandes diferenças entre os sistemas de arquivos Windows e Linux. No final, o próprio Docker para Windows usa uma pequena máquina virtual Linux (_MobiLinux) para executar os contêineres... ele faz isso de forma transparente para o usuário do Windows... e funciona perfeitamente bem se, como eu disse, você não exigir que seus bancos de dados sobrevivam mais do que o contêiner...

Bem... vamos direto ao ponto... o ponto é que muitas vezes, para evitar problemas e simplificar, precisamos de um sistema Linux completo e, se nosso servidor for baseado em Windows, a única maneira de fazê-lo é por meio de uma máquina virtual. Pelo menos até o WSL2 no Windows ser lançado, mas isso será uma outra história e com certeza levará um pouco de tempo para se tornar robusto o suficiente.

Neste artigo, vou lhe dizer, passo a passo, como instalar um ambiente onde você poderá trabalhar, se precisar, com contêineres Docker em um sistema Ubuntu em seu servidor Windows. Vamos lá...

2 0
0 333
Pergunta
Eduardo Moreira · Out. 21, 2020
caché 2018

Local para baixar caché 2018. Possuo a licença para uso. Logo não pode ser a versão community pois não me deixa colocar a licença.

 

Grato e no aguardo

 

 

eduardo

 

 

1 3
0 303

Olá!

Se você está nesta página, é porque está na Comunidade de Desenvolvedores da InterSystems! 

Seja muito bem-vindo(a)!

Aqui é o melhor lugar para você conhecer e discutir os produtos e tecnologias da InterSystems: InterSystems IRIS, Caché, Ensemble, HealthShare e Tecnologias InterSystems.

Temos três tipos de conteúdo na Comunidade de Desenvolvedores (DC): artigos, perguntas e anúncios, além de respostas às perguntas e os vídeos.

13 0
0 250
Artigo
Fabiano Sanches · Fev. 22, 2021 2min de leitura
O que um "Starter Pack" significa?

Estou feliz em anunciar que liberamos recentemente nosso segundo Starter Pack. Este é um caso de uso para indústria de mineração e, o anterior, havia sido para IoT (Internet das Coisas) em manufatura (OEE - Operational Equipment Effectiveness).

Mas o que isso significa, exatamente?

InterSystems IRIS Starter Packs (agradeço ao Joe Lichtenberg que ajudou com este texto)

4 0
0 238

Tempo estimado de leitura: 6 minutos
 

Olá a todos,

Fui apresentado ao TDD há quase 9 anos e imediatamente me apaixonei por ele. 
Hoje em dia se tornou muito popular, mas, infelizmente, vejo que muitas empresas não o utilizam. Além disso, muitos desenvolvedores nem sabem o que é exatamente ou como usá-lo, principalmente iniciantes.

 

 

2 1
0 224

Olá, desenvolvedores!

Muitos de vocês publicam suas bibliotecas InterSystems ObjectScript no Open Exchange e GitHub.

Mas o que você faz para facilitar o uso e a colaboração do seu projeto por desenvolvedores?

Neste artigo, quero apresentar uma maneira fácil de iniciar e contribuir com qualquer projeto ObjectScript apenas copiando um conjunto padrão de arquivos para o seu repositório.

Vamos lá!

4 0
0 211

A pandemia que atacou o mundo em 2020 fez com que todos passassem a acompanhar as notícias e números que envolvem a COVID-19.

Então, por que não usar essa oportunidade e criar algo simple e agradável de se acompanhar os números das vacinações mundo afora?

Para participar deste desafio, utilizo os dados providos pelo Our World in Data - Research and data to make progress against the world’s largest problems.

4 2
0 200

Olá Comunidade,

 

Chegou a hora de iniciarmos o desenvolvimento dos relatórios utilizando o InterSystems IRIS Reports, powered by Logi Analytcs.

Lembrando que na primeira parte do artigo falamos o que é o InterSystems IRIS Reports, e como ele vem facilitar a vida dos desenvolvedores na entrega de relatórios, e na segunda parte executamos o procedimento de instalação dos ambientes server e designer e o procedimento para fazer o download dos binários de instalação!

Alguns conceitos importantes antes de iniciarmos o desenvolvimento sobre os tipos de relatórios que podemos desenvolver:

  • Estáticos: Os relatórios e seus resultados não podem ser modificados pelo usuário final. O layout e os dados inclusos são definidos pelo desenvolvedor.
  • Dinâmicos: Os relatórios podem ser modificados pelos usuários finais, como no estático o layout e dos dados são inclusos pelo desenvolvedor, porém o usuário final consegue modificá-los em tempo de execução.
  • Ad Hoc – Relatórios e dados são construídos e modificados em tempo de execução pelo usuário final. 
3 2
0 159

Olá Desenvolvedores !

Segue uma oportunidade para bolsas de estudo remuneradas: 

Duas bolsas de estudo para área de tecnologia da informação:
•    Valor de R$ 7.373,10  durante 24 meses
•    https://inovahc.hc.fm.usp.br/oportunidades/
•    Código da vaga: HC04 Desenvolvedor
•    Código da vaga: HC05 Desenvolvedor Integrador

Desenvolvedor e Desenvolvedor Integrador

Requisitos:

5 0
0 142

Imagine que você queira ver o que a tecnologia InterSystems pode oferecer em termos de análise de dados. Você estudou a teoria e agora quer um pouco de prática. Felizmente, a InterSystems oferece um projeto que contém alguns bons exemplos: Samples BI. Comece com o arquivo README, pulando qualquer coisa associada ao Docker, e vá direto para a instalação passo a passo. Inicie uma instância virtual, instale o IRIS lá, siga as instruções para instalar o Samples BI e, a seguir, impressione o chefe com belos gráficos e tabelas. Por enquanto, tudo bem. 

Inevitavelmente, porém, você precisará fazer alterações.

2 0
0 141
Artigo
Larissa Prussak · Mar. 8, 2021 2min de leitura
Comparação JSON básica.

Olá comunidade Dev

Pensei em compartilhar um pequeno método que juntei para comparar 2 objetos JSON para obter o equivalente básico. Atualmente, estou trabalhando em alguma migração de dados e queria uma verificação básica para validar se a saída JSON é basicamente equivalente entre o antigo e o novo, excluindo alguns itens como carimbos de data / hora.

É um pequeno método recursivo básico, que irá transparecer quaisquer diferenças sobre uma estrutura aninhada. É muito baixa tecnologia, pois é tudo o que preciso fazer, mas achei que poderia ser útil para outras pessoas.

3 0
0 140
Artigo
Yuri Marx · Mar. 8, 2021 3min de leitura
Dia 1: Desenvolvimento com Intersystems Objects e SQL

Eu estou participando no Desenvolvendo com Objetos InterSystems e SQL com Joel Solon, o curso é muito legal e eu vou compartilhar algumas dicas com vocês que eu peguei durante o treinamento. Dicas apresentadas no dia 1:

1. InterSystems IRIS unifica: banco de dados InterSystems IRIS (Caché), Interoperabilidade IRIS (Ensemble), inteligência de negócios IRIS  (DeepSee) e Análise de texto IRIS (iKnow).

2. IRIS é multimodelo: objeto, relacional, documento e multidimensional

3 0
0 137