image

Olá Comunidade

Nesse artigo, vou introduzir minha aplicação irisChatGPT construída no LangChain Framework.

Primeiramente, vamos ter uma breve visão geral desse framework.

O mundo inteiro está falando sobre o ChatGPT e como as Large Language Models (LLMs - Grandes modelos de linguagem) se tornaram tão poderosas e tem performado além das expectativas, oferecendo conversas quase humanas. Isso é só o começo de como isso pode ser aplicado em qualquer empresa e qualquer domínio!

0 0
0 3

Traduzido do Concurso de Artigos da Comunidade Espanhola

Seguindo o último concurso de programação no OEX (Open EXchange) eu tive algumas observações surpreendentes.
Havia aplicações quase exclusivas baseadas numa combinação de IA (Inteligência Artificial) com módulos Python "pré-cozidas".
Porém, indo mais a fundo, todos os exemplos usaram os mesmos fatores técnicos do IRIS.

Considerando o ponto de vista do IRIS, foi praticamente a mesma coisa seja buscando por textos, ou imagens, ou outro tipo de padrão. Acabou em métodos quase intercambiáveis.

1 0
0 13

Rubrica InterSystems FAQ

Para desabilitar esse timeout, defina o timeout da query como desabilitado nas configurações de DSN (Data Source Name - Nome da fonte de dados):

Painel de controle Windows > Ferramentas de Administração > Fontes de Dados (ODBC) > Configuração de DSN do sistema

Se você marcar "Desabiltar o timeout de query", o timeout será desabilitado.

Se quiser mudar isso no lado da aplicação, você pode definir no nível da ODBC API.

1 0
0 12

A ideia

Já estamos em 2024, a versão IRIS 2024.1 acabou de sair e estamos todos falando disso aqui. Já temos muitos tutoriais sobre busca vetorial e aplicações de chats de inteligência artificial. Hoje quero propor algo diferente. Quero apresentar uma ideia e explorar todos os seus limites e, ao longo do texto, vou levantar alguns questionamento sobre a capacidade da ferramentas utilizadas para que possamos compreender não só os resultados de as novas funcionalidades, mas também como a máquina as processa.

0 0
0 15

Armazenamento em coluna é um dos mais novos oferecimentos do InterSystems IRIS. Diferente do armazenamento tradicional baseado em linhas, ele otimiza o processamento das queries ao guardados os dados em colunas ao invés de linhas, permitindo acesso mais rápido e retorno de informações relevantes.

Alguns artigos já foram escritos a respeito de quando ele deve ser usado para dar o melhor impulso ao sistema, como criar tabelas dessa maneira usando SQL.

CREATE TABLE table (column1 type1, column2 type2, column3 type3) WITH STORAGETYPE = COLUMNAR  -- ex 1
CREATE TABLE table (column1 type1, column2 type2, column3 type3 WITH STORAGETYPE = COLUMNAR)  -- ex 2

e até testes de performance.

Como tudo o que sabemos, o InterSystems IRIS é uma DBMS (DataBase Management System - sistema de gerencialmento de base de dados) multi-modelo e dá acesso descomplicado ao mesmo registro usando acesso relacional e por objeto. Então a primeira parte está coberta por outros artigos, mas e a última?

2 1
0 26

No artigo anterior, vimos detalhes a respeito dos conectores, que permitem que o usuário carregue o arquivo, o converta para incorporações e armazene na IRIS DB. Nesse artigo, vamos explorar opções diferentes de recuperações que o Studio IRIS AI oferece: Semantic Search (pesquisa semântica), Chat (conversa), Recommender (recomendação) e Similarity (similaridade).

0 0
0 18

No artigo anterior, vimos diferentes módulos do Studio IRIS AI e como ele poderia ajudar a explorar as capacidades da GenAI além do IRIS DB perfeitamente, mesmo para alguém não técnico. Nesse artigo, vamos mergulhar a fundo pelo módulo "Connectors", o que permite que os usuários carreguem dados desde uma fonte local ou cloud (AWS S3, Airtable, Azure Blob) no IRSI DB como vetores incorporados, ao configurar também definições de incorporação como modelo e dimensões.

1 0
0 16

DNA Similarity and Classification é uma API REST utilizando a tecnologia InterSystems Vector Search para investigar semelhanças genéticas e classificar eficientemente sequências de DNA. Este é um aplicativo que utiliza técnicas de inteligência artificial, como aprendizado de máquina, aprimorado por recursos de pesquisa vetorial, para classificar famílias genéticas e identificar DNAs semelhantes conhecidos a partir de um DNA de entrada desconhecido.

3 1
1 47
Artigo
· Maio 16 2min de leitura
Busca de empresas usando Vector Search.

A introdução da "Pesquisa Vetorial" da InterSystems marca uma mudança de paradigma no processamento de dados. Esta tecnologia de ponta emprega um modelo de incorporação para transformar dados não estruturados, como texto, em vetores estruturados, resultando em capacidades de pesquisa significativamente aprimoradas.

1 0
0 26
Artigo
· Maio 12 9min de leitura
Python BPL em pré-visualização

BPL a 10.000 pés

BPL é uma sigla para Business Process Language (Linguagem de processamento de negócio).
Isso é um arquivo em formato XML para descrever a orquestração complexa de interações de informações entre sistemas.
A máquina de integração da InterSystems tem, há duas décadas, fornecido um editor visual para construir, configurar e manter o BPL usando uma interface gráfica. Você pode pensar nisso como se fosse desenhar um diagrama de fluxo de processo que pode ser compilado e implementado.

1 0
0 21
Artigo
· Maio 6 3min de leitura
Usando VECTORs em ObjectScript

A maioria dos exemplos que eu vi até agora no OEX (OpenExchange) ou na DC (Developer Community) deixam a impressão de que os VECTORs são apenas algo disponível com SQL com as 3 funções, especialmente em torno de VECTOR_Search.
* TO_VECTOR()
* VECTOR_DOT_PRODUCT ()
* VECTOR_COSINE ()

Há um sumário muito útil escondido no pacote demo iris-vector-search.
Lá você pode encontrar tudo o que precisa em diversos links e cantos.

2 1
0 25
Artigo
· Abr. 19 2min de leitura
Visão Geral de IA Generativa - Part1


A inteligência artificial generativa é a inteligência artificial capaz de gerar texto, imagens ou outros dados usando modelos generativos, muitas vezes em resposta a solicitações. Os modelos de IA generativa aprendem os padrões e a estrutura de seus dados de treinamento de entrada e, em seguida, geram novos dados com características semelhantes.

2 0
0 24
Artigo
· Abr. 12 1104min de leitura
Enterprise Monitor e HealthShare

O Enterprise Monitor é um componente do Ensemble e pode ajudar as organizações a monitorar várias produções executadas em diferentes namespaces na mesma instância ou em namespaces executados em várias instâncias.

A documentação pode ser encontrada em:

http://docs.intersystems.com/ens20161/csp/docbook/DocBook.UI.Page.cls?KEY=EMONITOR_all#EMONITOR_enterprise

No Ensemble 2016.1, foram realizadas mudanças para esse utilitário funcionar com ambientes do HealthShare.

Este artigo mostrará o seguinte:

  • Como configurar o Enterprise Monitor para sites do HealthShare
  • Alguns recursos do Enterprise Monitor
  • Alguns recursos do Enterprise Message Viewer

Para este artigo, usei a seguinte versão do HealthShare:

Cache para Windows (x86-64) 2016.1 (Build 656U) Sex 11 Mar 2016 17:42:42 EST [Módulos do HealthShare:Core:14.02.2415 + Linkage Engine:14.02.2415 + Patient Index:14.02.2415 + Clinical Viewer:14.02.2415 + Active Analytics:14.02.2415] __

0 0
0 18

Rubrica de perguntas frequentes da InterSystems

As definições de classe criadas pelos usuários são armazenadas em classes de definição de classe. Elas podem ser usadas para obter uma lista de definições de classes a partir de um programa.

Observação: as classes de definição de classe se referem a todas as classes contidas no pacote %Dictionary.

0 0
0 42

image

Este artigo abordará a transferência do controle do provisionamento do InterSystems Kubernetes Operator e o início da sua jornada com a gestão da sua própria "nuvem" de soluções InterSystems através de práticas Git Ops. Esse padrão de implantação também é o caminho de execução para o PID^TOO||| Motor de Resolução de Identidade de Respiração FHIR.

0 0
0 29
Artigo
· Abr. 5 6min de leitura
Depurando a Web

Neste artigo, vou abordar o teste e a depuração dos aplicativos da Web Caché (principalmente REST) com ferramentas externas. A segunda parte abrange ferramentas de Caché.

Você escreveu um código do servidor e quer testar em um cliente ou já tem um aplicativo da Web e ele não funciona. É aqui que entra a depuração. Neste artigo, vou mostrar desde as ferramentas mais fáceis de usar (navegador) até as mais completas (analisador de pacotes). Porém, primeiro, vamos falar um pouco sobre os erros mais comuns e como eles podem ser resolvidos.

0 0
0 25

Olá, Desenvolvedores!

Suponha que você tenha uma classe persistente com dados e queira ter uma IU Angular simples para visualizar os dados e fazer operações CRUD.

Recentemente, @Alberto Fuentes descreveu como desenvolver uma IU Angular para seu aplicativo do InterSystems IRIS usando RESTForms2. 

Neste artigo, quero explicar a você como obter uma IU Angular simples para fazer operações CRUD e visualizar seus dados de classes do InterSystems IRIS automaticamente em menos de 5 minutos.

Vamos lá!

0 0
0 30

Olá, Desenvolvedores!

Hoje quero falar sobre um assunto que já me deu trabalho. Tenho certeza de que isso deve ter acontecido com muitos de vocês (o chamado "gargalo"). Como esse é um tema amplo, este artigo focará apenas em identificar solicitações HTTP recebidas que podem estar causando problemas de lentidão. Também disponibilizarei uma pequena ferramenta que desenvolvi para ajudar a identificá-las.

Nosso software está cada vez mais complexo, processando um grande número de solicitações de diferentes origens, seja aplicativos de front-end ou back-end de terceiros. Para garantir um desempenho ideal, é fundamental ter um sistema de registro capaz de obter algumas medições importantes, como tempo de resposta, número de referências globais e número de linhas de código executadas para cada resposta HTTP. Como parte do meu trabalho, participo do desenvolvimento de software EMR e da análise de incidentes.  Como a carga do usuário vem principalmente de solicitações HTTP (API REST ou aplicativo CSP), a necessidade desse tipo de medição quando ocorrem problemas generalizados de lentidão se tornou óbvia.

0 0
0 16

Neste artigo, vou explicar como autenticar, autorizar e auditar por código usando o web app CSP ao ativar/desativar e autenticar/remover autenticação de qualquer web app.

Layout do aplicativo
 

0 0
0 26

Introdução

Na era digital moderna, garantir a segurança de aplicações, especialmente aquelas que manipulam dados sensíveis de saúde, é fundamental. A confidencialidade, integridade e disponibilidade desses dados são cruciais, exigindo medidas robustas de segurança. A autenticação de dois fatores (2FA) se destaca como uma melhoria crítica para proteger o acesso, adicionando uma camada extra de segurança além das senhas. Reconhecendo a importância dessa funcionalidade, a InterSystems oferece suporte integrado para 2FA em suas soluções de banco de dados. Este tutorial visa orientá-lo no processo de configuração da autenticação de dois fatores no ambiente InterSystems, garantindo que seus dados permaneçam seguros e acessíveis apenas para usuários autorizados.

3 0
2 60