Exercícios de workshop: desenvolver componentes de interoperabilidade em Java (PEX)

 

Olá desenvolvedores!

Deixe me compartilhar com vocês alguns exercícios de um workshop sobre desenvolver componentes de interoperabilidade em Java usando PEX (Production Extension).

Vocês vão encontrar slides e exercícios passo a passo sobre:

00
0 0 5

Olá comunidade,

              Vamos para a 2º parte do artigo InterSystems IRIS Reports.

Somente relembrando na primeira parte do artigo falamos dos desafios existentes para atender a demanda das áreas de negócios, clientes ou usuários finais com a entrega de relatórios em diversos formatos e suas melhorias, e como o InterSystems IRIS Reports vem para facilitar está demanda, facilitando o desenvolvimento, a administração, o deploy de relatórios em diversos formatos, bem como a automação da distribuição por e-mail ou pastas e integração (build-in) em suas aplicações já existentes!

O InterSystems IRIS Reports, powered by Logi Report se encontra disponível para download no WRC (https://wrc.intersystems.com/wrc/coDistribution.csp), lembrando que para clientes que já possuem o licenciamento InterSystems IRIS Advanced Server ou InterSystems IRIS Advanced for Health, precisam somente abrir um chamado solicitando o serial para a instalação do InterSystems IRIS Reports, sem custo adicional.

Como mencionando no artigo anterior o InterSystems IRIS Reports é divido em dois componentes:

Server: O ambiente servidor tem a sua finalidade de administrar as configurações e segurança. É também onde os usuários finais via browser têm acesso aos relatórios, você pode agendar execução de relatórios, aplicar filtros e modificar os relatórios disponibilizados.

Designer: O ambiente designer por sua vez é onde os relatórios são desenvolvidos. É possível visualizar os relatórios antes de disponibilizar acessando diretamente a bases de dados.

10
0 0 9
Artigo
Ron Sweeney · Fev. 10, 2021 7min de leitura
API Nativa IRIS para Python na AWS Lambda

Se você está procurando uma maneira inteligente de integrar sua solução IRIS no ecossistema Amazon Web Services, aplicativos sem servidor ou script python baseado em boto3, usar a API Nativa IRIS para Python pode ser o caminho a seguir. Até que você precise obter ou definir algo no IRIS, você não tem que ir muito longe com uma implementação em produção para fazer sua aplicação funcionar de um maneira incrível, então, espero que você encontre valor neste artigo e construa algo que seja importante para outros ou somente para você, pois ambos são igualmente válidos.

imagem

20
0 1 18

A especificação do FHIR Terminology Service descreve um conjunto de operações nos recursos CodeSystem, ValueSet e ConceptMap. Entre essas operações, as quatro operações a seguir parecem ser as mais amplamente adotadas:

O desenvolvimento de uma implementação parcial da especificação tem sido uma forma eficaz de explorar o novo framework FHIR introduzido no IRIS for Health 2020.1. A implementação inclui quatro operações listadas acima e oferece suporte a interações de leitura e pesquisa para os recursos CodeSystem e ValueSet.

É importante observar que a implementação usa classes persistentes do Plain ObjectScript como fonte para tabelas de terminologia.

20
0 0 11

Introdução
Vários recursos nos dizem como executar o IRIS em um cluster Kubernetes, como Implantar uma solução InterSystems IRIS no EKS usando GitHub Actions e Implantar a solução InterSystems IRIS no GKE usando GitHub Actions. Esses métodos funcionam, mas exigem que você crie manifestos do Kubernetes e gráficos do Helm, o que pode ser bastante demorado.
Para simplificar a implantação do IRIS, a InterSystems desenvolveu uma ferramenta incrível chamada InterSystems Kubernetes Operator (IKO). Vários recursos oficiais explicam o uso de IKO em detalhes, como  Novo vídeo: Intersystems IRIS Kubernetes Operator e InterSystems Kubernetes Operator.

10
0 0 12
Artigo
Fernando Ferreira · Fev. 23, 2021 2min de leitura
Intersystems IRIS Reports

Olá comunidade,

Todos nós já conhecemos o poder da solução InterSystems IRIS Data platform ou IRIS for Health, a facilidade de desenvolver aplicações utilizando Object Script, Java, Node.JS, Python, .NET,  com alto desempenho e confiabilidade do nosso banco de dados multi-modelo altamente escalável de forma horizontal ou vertical, o poder da interoperabilidade entre aplicações, com outros bancos de dados, a possibilidade de integrar utilizando diversos protocolos como REST, SOA, MQTT, FTP, etc., a nossa solução de BI, NLP, tudo em um mesmo binário, em uma mesma plataforma, o que facilita a vida do desenvolvedor a entregar soluções inovadoras e confiáveis!

Mesmo entregando soluções inovadoras, existe um desafio diário para muitos desenvolvedores, demandada pelas áreas de negócios, seja para entregar informação para clientes e ou usuários internos/externos etc., que são os relatórios.

20
0 0 37
Artigo
Fabiano Sanches · Fev. 22, 2021 2min de leitura
O que um "Starter Pack" significa?

Estou feliz em anunciar que liberamos recentemente nosso segundo Starter Pack. Este é um caso de uso para indústria de mineração e, o anterior, havia sido para IoT (Internet das Coisas) em manufatura (OEE - Operational Equipment Effectiveness).

Mas o que isso significa, exatamente?

InterSystems IRIS Starter Packs (agradeço ao Joe Lichtenberg que ajudou com este texto)

30
0 0 17
Artigo
Olga Zavrazhnova · Fev. 18, 2021 1min de leitura
Como ganhar pontos no Global Masters ?

Olá Desenvolvedores !

Não é segredo para ninguém que o Global Masters está fortemente ligado a Comunidade de Desenvolvedores. Qualquer contribuição feita à Comunidade de Desenvolvedores acabará por prover pontos para o Global Masters.

Para orientá-los preparamos um pequeno guia de como ganhar pontos no Global Masters: 

10
0 0 6

HealthShare Patient Index

Enterprise Master Patient Index - Este é o nome dado ao processo que faz com que os inúmeros cadastros e registros coletados dos vários sistemas das instituições e redes de saúde sejam identificados univocamente e interligados através de um identificador único por indivíduo.

30
0 0 13

Olá comunidade,

  O OpenAPI-Client Gen acaba de ser lançado, este é um aplicativo para criar um cliente de produção de interoperabilidade IRIS a partir da especificação Swagger 2.0.

  Em vez da ferramenta existente ^%REST que cria um aplicativo REST do lado do servidor, o OpenAPI-Client Gen cria um modelo de cliente de produção de interoperabilidade REST completo.

 

Instalação por ZPM:

30
0 0 17

Como todos nós sabemos, o InterSystems IRIS possui uma ampla gama de ferramentas para melhorar a escalabilidade dos sistemas de aplicação. Em particular, muito foi feito para facilitar o processamento paralelo de dados, incluindo o uso de paralelismo no processamento de consultas SQL e o recurso mais chamativo do IRIS: o sharding. No entanto, muitos desenvolvimentos maduros que começaram no Caché e foram transportados para o IRIS usam ativamente os recursos de multimodelos deste DBMS, que são entendidos como permitindo a coexistência de diferentes modelos de dados dentro de um único banco de dados. Por exemplo, o banco de dados HIS qMS contém modelos de dados semânticos relacionais (registros médicos eletrônicos), relacionais tradicionais (interação com PACS) e hierárquicos (dados de laboratório e integração com outros sistemas). A maioria dos modelos listados é implementada usando a ferramenta qWORD do SP.ARM (um mini-DBMS que é baseado no acesso direto a globais). Portanto, infelizmente, não é possível usar os novos recursos de processamento de consulta paralela para escalonamento, uma vez que essas consultas não usam o acesso IRIS SQL.

Enquanto isso, conforme o tamanho do banco de dados cresce, a maioria dos problemas inerentes a grandes bancos de dados relacionais tornam-se adequados para os não relacionais. Portanto, esse é o principal motivo pelo qual estamos interessados ​​no processamento paralelo de dados como uma das ferramentas que podem ser usadas para escalonamento.

Neste artigo, gostaria de discutir os aspectos do processamento paralelo de dados com os quais tenho lidado ao longo dos anos ao resolver tarefas que raramente são mencionadas em discussões sobre Big Data. Vou me concentrar na transformação tecnológica de bancos de dados, ou melhor, em tecnologias de transformação de bancos de dados.

10
0 0 14

Quando se fala em tecnologia da informação nas instituições de saúde, principalmente nos hospitais e organizações de medicina diagnóstica, os CIO’s e a área de TI sabem muito bem que para que tudo funcione bem, é necessário que um número muito grande de sistemas e aplicações funcionem de maneira integrada.


40
0 0 23

A pandemia que atacou o mundo em 2020 fez com que todos passassem a acompanhar as notícias e números que envolvem a COVID-19.

Então, por que não usar essa oportunidade e criar algo simple e agradável de se acompanhar os números das vacinações mundo afora?

Para participar deste desafio, utilizo os dados providos pelo Our World in Data - Research and data to make progress against the world’s largest problems.

40
0 2 36
Artigo
YURI MARX GOMES · Jan. 25, 2021 2min de leitura
Geradores de Documentação Estática

Olá comunidade,

No passado, a documentação técnica do código-fonte e dos produtos de software era gerada em chm, arquivos pdf e geradores de documentação das próprias linguagens de programação. Essa abordagem antiga tinha as seguintes limitações:
1. Documentação desatualizada;
2. Documentação não interativa e de difícil consulta;
3. Layout sem resposta, não amigável e não aderente ao HTML;
4. Incapacidade de customizar o layout da documentação;
5. Incapacidade de ter documentação HTML 5 online e offline.
6. Falta de suporte de Markdown.

20
0 0 12

A linguagem ObjectScript do InterSystems IRIS possui um mecanismo de metadados muito poderoso chamado XData. Este recurso permite criar definições de metadados para as classes úteis para serem utilizadas pelo compilador ou por programas que irão estender as funcionalidades padrão da linguagem baseados nas definições de XData do seu escopo de atuação.

10
0 0 20

Na última postagem, agendamos a coleta de métricas de desempenho durante 24 horas usando pButtons. Nesta postagem, vamos ver algumas métricas essenciais que estão sendo coletadas e como elas estão ligadas ao hardware do sistema. Também começaremos a explorar a ligação entre as métricas do Caché (ou de qualquer plataforma de dados InterSystems) e as métricas do sistema. Além disso, veremos como você pode usar essas métricas para entender a integridade diária de seus sistemas e diagnosticar problemas no desempenho.

00
0 0 8
Artigo
YURI MARX GOMES · Jan. 16, 2021 3min de leitura
Criando e listando definições de XData

Oi Comunidade InterSystems!

A linguagem ObjectScript do InterSystems IRIS possui a capacidade de estender classes utilizando um recurso muito interessante chamado XData.

Trata-se de uma seção em sua classe que pode ser utilizada para criar definições personalizadas a serem utilizadas dentro da própria classe e também externamente.

Para criar uma ou mais definições de XData para sua classe é muito fácil, veja o exemplo:

20
0 0 15

Tempo estimado de leitura: 6 minutos
 

Olá a todos,

Fui apresentado ao TDD há quase 9 anos e imediatamente me apaixonei por ele. 
Hoje em dia se tornou muito popular, mas, infelizmente, vejo que muitas empresas não o utilizam. Além disso, muitos desenvolvedores nem sabem o que é exatamente ou como usá-lo, principalmente iniciantes.

 

 

20
0 1 25
Artigo
Lily Taub · Dez. 21, 2020 9min de leitura
Um tutorial sobre WebSockets

Introdução

A maior parte da comunicação servidor-cliente na web é baseada em uma estrutura de solicitação e resposta. O cliente envia uma solicitação ao servidor e o servidor responde a esta solicitação. O protocolo WebSocket fornece um canal bidirecional de comunicação entre um servidor e um cliente, permitindo que os servidores enviem mensagens aos clientes sem primeiro receber uma solicitação. Para obter mais informações sobre o protocolo WebSocket e sua implementação no InterSystems IRIS, consulte os links abaixo.

10
0 0 42