Olá Desenvolvedores,

Estamos gratos em convidar todos os desenvolvedores para o Webinar Inicial do Concurso Multi-Modelo InterSystems! O tópico deste webinar é dedicado ao Concurso Multi-Modelo da InterSystems.

Neste webinar nós iremos demonstrar o uso das APIs para cada modelo de dados.

Dia e Horário: Segunda-Feira, 11 de Janeiro — 12:00 horário de Brasília

Palestrantes:  
🗣 @Benjamin De Boe, InterSystems Product Manager
🗣 @Bob Kuszewski, InterSystems Product Manager - Developer Experience
🗣 @Evgeny Shvarov, InterSystems Developer Ecosystem Manager


<--break->

30
0 0 26
Artigo
Larissa Prussak · Maio 7 1min de leitura
Dica do portal: modo de sistema

Se você trabalha com o Portal em várias instâncias do Caché, Ensemble ou HealthShare, pode achar útil definir o Modo do Sistema das várias instâncias, de modo a dar a si mesmo um lembrete visual da função daquela em que você está trabalhando atualmente.

Por exemplo:

30
0 0 33

É um prazer anunciar que o DBeaver suporta a plataforma de dados InterSystems IRIS nativamente desde a versão 7.2.4. Você não precisa realizar uma configuração manual mais, basta identificar o ícone do IRIS na lista de conexões. 

<--break->Todos os campos necessários já vem preenchidos mas, não se esqueça de colocar seu usuário e senha !!!!

30
0 0 66

Introdução

Suponha que você desenvolveu uma nova aplicação utilizando a parte de Interoperabilidade do InterSystems IRIS e você tem certeza de que será um sucesso! No entanto, você ainda não tem um número concreto de quantas pessoas irão utilizá-la. Além disso, pode haver dias específicos em que há mais pessoas utilizando sua aplicação e dias em que quase ninguém irá acessar. Deste modo, você necessita de que sua aplicação seja escalável!

30
2 0 36

Olá comunidade,

              Vamos para a 2º parte do artigo InterSystems IRIS Reports.

Somente relembrando na primeira parte do artigo falamos dos desafios existentes para atender a demanda das áreas de negócios, clientes ou usuários finais com a entrega de relatórios em diversos formatos e suas melhorias, e como o InterSystems IRIS Reports vem para facilitar está demanda, facilitando o desenvolvimento, a administração, o deploy de relatórios em diversos formatos, bem como a automação da distribuição por e-mail ou pastas e integração (build-in) em suas aplicações já existentes!

O InterSystems IRIS Reports, powered by Logi Report se encontra disponível para download no WRC (https://wrc.intersystems.com/wrc/coDistribution.csp), lembrando que para clientes que já possuem o licenciamento InterSystems IRIS Advanced Server ou InterSystems IRIS Advanced for Health, precisam somente abrir um chamado solicitando o serial para a instalação do InterSystems IRIS Reports, sem custo adicional.

Como mencionando no artigo anterior o InterSystems IRIS Reports é divido em dois componentes:

Server: O ambiente servidor tem a sua finalidade de administrar as configurações e segurança. É também onde os usuários finais via browser têm acesso aos relatórios, você pode agendar execução de relatórios, aplicar filtros e modificar os relatórios disponibilizados.

Designer: O ambiente designer por sua vez é onde os relatórios são desenvolvidos. É possível visualizar os relatórios antes de disponibilizar acessando diretamente a bases de dados.

30
0 0 83

Olá Comunidade,

 

Chegou a hora de iniciarmos o desenvolvimento dos relatórios utilizando o InterSystems IRIS Reports, powered by Logi Analytcs.

Lembrando que na primeira parte do artigo falamos o que é o InterSystems IRIS Reports, e como ele vem facilitar a vida dos desenvolvedores na entrega de relatórios, e na segunda parte executamos o procedimento de instalação dos ambientes server e designer e o procedimento para fazer o download dos binários de instalação!

Alguns conceitos importantes antes de iniciarmos o desenvolvimento sobre os tipos de relatórios que podemos desenvolver:

  • Estáticos: Os relatórios e seus resultados não podem ser modificados pelo usuário final. O layout e os dados inclusos são definidos pelo desenvolvedor.
  • Dinâmicos: Os relatórios podem ser modificados pelos usuários finais, como no estático o layout e dos dados são inclusos pelo desenvolvedor, porém o usuário final consegue modificá-los em tempo de execução.
  • Ad Hoc – Relatórios e dados são construídos e modificados em tempo de execução pelo usuário final. 
30
0 2 99

Opa pessoal, tudo bem?

E se você pudesse verificar se sua aplicação REST está suscetível a algum tipo de vulnerabilidade? E se você pudesse verificar se existe algum ataque conhecido que afete sua aplicação?

São com essas questões em mente, que trouxemos nossa aplicação de exemplo usando a ferramenta de testes ZAP. Uma forma de fornecer de maneira rápida, prática e acessível ferramentas para que os desenvolvedores validem questões de segurança com praticidade e de uma maneira acessível.

30
0 0 19

*Analista Ensemble Júnior / Pleno

Próximo Metrô Clínicas

REQUISITOS:
* Conhecimento em barramento e protocolos RESTFull / SOAP 
* Integração com banco de dados Oracle / SQL Server

ATIVIDADES:
* Integração de sistemas hospitalares
* Administração do ambiente Ensemble
* Análise de Dados

Enviar CV com pretensão salarial
.

Contratação CLT ou PJ tempo indeterminado

Empresa ..................: JHealth Informatics
Email ........................: rh@jhealth.com.br

30
0 0 37

Olá Comunidade,

Você provavelmente já ouviu falar do Discord e muitos de vocês já utilizam ele para conversar. Agora, estamos convidando vocês a ficarem ainda mais próximos do mundo da tecnologia InterSystems e para participarem o clube social de nossos desenvolvedores!

Utilizem a maneira mais rápida de se comunicar entre si:

💥 Canal de Desenvolvedores InterSystems no Discord 💥


30
0 0 39

Olá desenvolvedores!

Só quero compartilhar uma prática recomendada antiga, mas sempre relevante, sobre a alteração de namespaces @Dmitry Maslennikov compartilhada comigo (de novo).

Considere o método:

classmethod DoSomethingInSYS() as %Status

{

set sc=$$$OK

set ns=$namespace

zn "%SYS"

// try-catch in case there will be an error

try {

// do something, e.g. config change

}

catch {}

 zn ns    ; returning back to the namespace we came in the routine

return sc

}

E com o novo $namespace, o método pode ser reescrito como:

classmethod DoSomethingInSYS() as %Status

{

set sc=$$$OK

new $namespace

set $namespace="%SYS"

// do something

return sc

}

Então! A diferença é que não precisamos alterar o namespace manualmente, pois ele voltará automaticamente assim que retornarmos o método.

e não precisamos do try-catch (pelo menos para esse propósito) também.

30
0 0 20

Olá Desenvolvedores, 

Estamos felizes em anunciar a nova recompensa do Global Masters disponível para os níveis Expert, Ambassador e VIP:

Apple AirPods com estojo da InterSystems!

 

Esperamos que vocês gostem do novo prêmio! 

E mais, agora vocês irão ver as "recompensas desbloqueáveis" no seu catálogo de recompensas com uma observação de qual nível você precisa alcançar para desbloquear a recompensa:

30
0 0 17

No coração do IRIS e do Caché está uma arquitetura de banco de dados muito interessante que nós, na M / Gateway Developments, chamamos de "Armazenamento Global". Se você sempre quis saber mais sobre os fundamentos e recursos desse banco de dados subjacente, pode ler uma análise importante que reunimos:

https://github.com/robtweed/global_storage

Entre outras coisas, você descobrirá que:

30
0 0 44

Olá Comunidade, 

Esta é a hora de mostrar sua paixão pela Comunidade de Desenvolvedores InterSystems! Estamos muito orgulhosos de anunciar que o Global Masters da InterSystems é finalista para o Prêmio Influitive BAMMIE de Comunidade Mais Apaixonada🤩🤩🤩

Certamente isso se deve a vocês, nossos participantes atuantes e dedicados!

ENTRETANTO,  para ganharmos, precisamos ainda ganhar mais votos que os outros finalistas - por isso, precisamos de seus votos!

🚀 POR FAVOR clique em "Vocês têm meu voto (You've got my vote)" > neste desafio <

Vote todos os dias até 9 de Dezembro para mostrar que temos a comunidade mais engajada! 

Vamos GANHAR juntos!

Faltam 3 dias! Vídeo de Olga :)

 

30
0 0 12
Artigo
Larissa Prussak · Mar. 8 2min de leitura
Comparação JSON básica.

Olá comunidade Dev

Pensei em compartilhar um pequeno método que juntei para comparar 2 objetos JSON para obter o equivalente básico. Atualmente, estou trabalhando em alguma migração de dados e queria uma verificação básica para validar se a saída JSON é basicamente equivalente entre o antigo e o novo, excluindo alguns itens como carimbos de data / hora.

É um pequeno método recursivo básico, que irá transparecer quaisquer diferenças sobre uma estrutura aninhada. É muito baixa tecnologia, pois é tudo o que preciso fazer, mas achei que poderia ser útil para outras pessoas.

30
0 0 81

Olá Comunidade,

É um prazer convidá-los para o  encontro online com os ganhadores do Concurso de Interoperabilidade da InterSystems!

Dia e horário: Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020 – 12:00 horário de Brasília

O que lhe aguarda neste encontro virtual ?

  • A biografia de nossos ganhadores.
  • Demonstrações de suas aplicações.
  • Uma discussão aberta sobre as tecnologias utilizadas, bônus, dúvidas e planos para os próximos concursos.

30
0 0 34

Eu estou participando no Desenvolvendo com Objetos InterSystems e SQL com Joel Solon, o curso é muito legal e eu vou compartilhar algumas dicas com vocês que eu peguei durante o treinamento. Dicas apresentadas no dia 1:

1. InterSystems IRIS unifica: banco de dados InterSystems IRIS (Caché), Interoperabilidade IRIS (Ensemble), inteligência de negócios IRIS  (DeepSee) e Análise de texto IRIS (iKnow).

2. IRIS é multimodelo: objeto, relacional, documento e multidimensional

30
0 0 72