Oi, pessoal!

Neste artigo, quero revisar as extensões do VS Code que uso para trabalhar com a InterSystems e que facilitam muito meu trabalho. Tenho certeza de que este artigo será útil para quem está apenas começando a jornada de aprendizado das tecnologias da InterSystems. No entanto, também espero que este artigo seja útil para desenvolvedores com vários anos de experiências e abra novas possibilidades de uso do VS Code para desenvolvimento.

1 0
0 84

A maioria dos aplicativos transacionais tem um perfil de leitura/escrita (RW) de 70:30. No entanto, alguns casos especiais têm perfis de IO extremamente altos.

Realizei testes de IO de armazenamento na região da AWS ap-southeast-2 (Sydney) para simular os padrões de IO do banco de dados do IRIS e uma taxa de transferência semelhante a de um aplicativo com uma alta taxa de escrita.

1 0
0 19

Olá, desenvolvedores!

"objectscript.conn" :{
      "ns": "IRISAPP",
      "active": true,
      "docker-compose": {
        "service": "iris",
        "internalPort": 52773
      }

Quero compartilhar com vocês um novo recurso bem maneiro que descobri no novo lançamento 0.8 do plugin VSCode ObjectScript de @Dmitry Maslennikov e CaretDev.

O lançamento traz uma nova configuração "docker-compose", que resolve o problema com as portas necessárias para fazer o VSCode Editor se conectar à IRIS. Não era muito conveniente se você tivesse mais de um contêiner Docker com a IRIS em execução na mesma máquina. Agora, esse problema foi resolvido!

Veja abaixo como funciona.

1 0
0 118
Artigo
· Mar. 18, 2021 5min de leitura
Descrição dos Níveis do Global Masters

Olá Comunidade!

Nesta publicação você irá encontrar informações sobre os Níveis da Comunidade de Desenvolvedores e InterSystems Global Masters.

Todos os membros do Global Masters podem alcançar vários Níveis dependendo das contribuições feitas na Comunidade de Desenvolvedores e da atividade no Global Masters.

Cada novo Nível libera novos tipos de desafios/tarefas e novos tipos de recompensas.

Para subir de nível você precisa ganhar um número de distintivos para o próximo nível. Distintivos podem ser ganhos completando vários desafios no Global Master.

Atualmente temos 6 Níveis:

0. Insider (você começa aqui)
1. Advocate
2. Specialist
3. Expert
4. Ambassador
5. VIP

➡️ Coloque o cursos do mouse sobre o distintivo para verificar como conseguí-lo.

1 0
0 55

O lançamento mais recente do Serenji apresenta nossa inovadora tecnologia gj :: locate. Era uma ferramenta autônoma que criamos originalmente para um concurso da Comunidade de Desenvolvedores no início deste ano, mas nós a incorporamos em nosso depurador após alguns ótimos comentários dos desenvolvedores.

Ele funciona navegando diretamente para a fonte de seus erros do lado do servidor em apenas alguns cliques - permitindo que você corrija os erros rapidamente sem a necessidade de contar linhas tediosas de código ... e sejamos realistas, quem tem tempo para que quando você está sob pressão para consertar esse bug?

É simples e fácil de usar:

1. Clique no painel gj :: locate na barra de status

2. Insira a mensagem de erro do ObjectScript ou a referência de linha de uma rotina class / .mac.

3. gj :: locate então faz o trabalho para você, levando-o diretamente para a linha correspondente em seu código-fonte.

Muito fácil ... e com tempo de sobra para fazer um café antes do prazo!

Abaixo há um link do vídeo que mostra isso em ação - diga-nos se você já tentou. Ou, se você estiver interessado em experimentá-lo, oferecemos uma licença de avaliação gratuita de 30 dias, apenas me mande uma mensagem através da Comunidade de Desenvolvedores ou envie um e-mail para info@georgejames.com.

Serenji 3.2.0 utilising gj::locate technology

1 0
0 82

Trabalhando com suporte, geralmente me perguntam por quantos dias devo manter um journals. Deve demorar dois dias ou depois de dois backups? Mais? Menos? Por que dois?

A resposta correta (para a maioria dos ambientes) é que você deve manter os journals desde o último backup validado. Ou seja, até que você não verifique se um backup é válido (restaurando o arquivo e verificando com o utilitário de integridade), você não pode ter certeza de que há uma boa cópia de seus dados e não pode limpar os journals com segurança.

1 0
0 63

Olá Desenvolvedores!

Como você provavelmente percebeu, no IRIS 2021 os nomes das globais são randômicos.

E, se você criar classes do IRIS classes com DDL e quiser se certificar qual global foi criada, você provavelmente gostaria de escolher seu nome.

E, de fato, você consegue fazê-lo.

Utilize WITH %CLASSPARAMETER DEFAULTGLOBAL='^GLobalName' na instrução CREATE Table para fazê-lo. Documentação. Veja o exemplo abaixo:

1 0
0 45
Artigo
· Maio 5, 2023 2min de leitura
Apache Superset agora com IRIS

Apache Superset é uma plataforma moderna de exploração e visualização de dados. O Superset pode substituir ou trazer ganhos para as ferramentas proprietárias de business intelligence para muitas equipes. O Superset integra-se bem com uma variedade de fontes de dados.

E agora é possível usar também com o InterSystems IRIS.

Uma demo online está disponível e usa IRIS Cloud SQL como sua fonte de dados.

1 0
0 102

O problema do grupo Pardini era mudar a plataforma de banco de dados "Nós construímos nosso negócio nele, então você pode imaginar como é arriscado mudar a plataforma de banco de dados abaixo dele. Ao escolhermos o InterSystems IRIS for Health conseguimos o crescimento das operações e de serviços com a velocidade que os negócios exigem", a companhia iniciou o desenvolvimento do sistema de informações laboratoriais (Lis) na plataforma de dados InterSystems Caché,

1 0
0 93

Introdução
Vários recursos nos dizem como executar o IRIS em um cluster Kubernetes, como Implantar uma solução InterSystems IRIS no EKS usando GitHub Actions e Implantar a solução InterSystems IRIS no GKE usando GitHub Actions. Esses métodos funcionam, mas exigem que você crie manifestos do Kubernetes e gráficos do Helm, o que pode ser bastante demorado.
Para simplificar a implantação do IRIS, a InterSystems desenvolveu uma ferramenta incrível chamada InterSystems Kubernetes Operator (IKO). Vários recursos oficiais explicam o uso de IKO em detalhes, como Novo vídeo: Intersystems IRIS Kubernetes Operator e InterSystems Kubernetes Operator.

1 0
0 146
Artigo
· Mar. 18, 2021 3min de leitura
Aproveitando ao máximo $ Query

Encontrei um caso de uso interessante do ObjectScript hoje com uma solução geral que gostaria de compartilhar.

Caso de uso:

Eu tenho uma matriz JSON (especificamente, no meu caso, uma matriz de problemas de Jira) que desejo agregar em alguns campos - digamos, categoria, prioridade e tipo de problema. Em seguida, desejo nivelar os agregados em uma lista simples com o total de cada um dos grupos. Claro, para a agregação, faz sentido usar uma matriz local na forma:

1 0
0 106

Olá desenvolvedores!

Algumas vezes precisamos inserir ou fazer referência aos dados de classes persistentes diretamente através das globais.

E talvez muitos de vocês estejam esperando que a estrutura de dados da global com os registros seja:

^Sample.Person(Id)=$listbuild("",col1,col,2,...,coln).

Este artigo é um aviso que nem sempre isso é verdade. Não espere que sempre seja assim!

1 0
0 59

De tempos em tempos recebemos a pergunta do título deste artigo no suporte, em situações onde algo ou alguém está utilizando mais licenças do que o esperado, e precisamos então identificar o quê.

Temos dois cenários. O primeiro cenário ocorre quando percebemos que as licenças acabaram através de uma aplicação que não funciona ou quando tentamos conectar ao terminal e recebemos a "graciosa" mensagem: <LICENSE LIMIT EXCEEDED>

1 0
0 69

O arquivo Messages.log contém muitas informações úteis sobre o IRIS. Às vezes, o arquivo fica grande e não é fácil encontrar os dados que estou interessado em revisar. Seria bom pular para uma data e hora específica em que suspeitamos que um problema possa ter começado.

Sempre que preciso de suporte da InterSystems, o WRC pedirá que envie o arquivo Messages.log. Dependendo de onde o IRIS está implantado, pode ser difícil obter o arquivo Messages.log para enviá-lo para a InterSystems.

1 0
0 29
Artigo
· Jul. 4, 2023 5min de leitura
Utilizando Python no Iris

Olá, Criei este artigo inicialmente para demonstrar a usabilidade do Python dentro do Iris e sua funcionalidade, no código abaixo trago um exemplo de algo muito próximo que utilizamos para a solução de um problema, nele recebemos uma Global contendo um XML com mais de 7.000.000 de caractéres, onde fazemos as tratativas de limpeza, organização, conversão para um arquivo JSON e retornamos ele como resposta uma Global.

Class AXS.BP.Exemplo Extends (Ens.BusinessProcess, %XML.Adaptor) [ ClassType = persistent

{

1 0
0 30

Oi Comunidade,

Predição é fator chave no acompanhamento pré-natal. A aplicação "Health Dataset" (https://openexchange.intersystems.com/package/Health-Dataset) vem com 10 conjuntos de dados reais em saúde para realizar predições das mais importantes doenças e problemas de saúde, incluindo riscos da maternidade.

1 0
0 41
Artigo
· Jun. 1, 2023 2min de leitura
API para importar/exportar rotinas

Esse é um artigo da página de "Perguntas frequentes" (FAQ) da InterSystems.

1. Exportar API

a. Use $system.OBJ.Export() para especificar rotinas individuais para exportar. Por exemplo:

do $system.OBJ.Export("TEST1.mac,TEST2.mac","c:\temp\routines.xml",,.errors)

O formato que você deve especificar é: NomeDaRotina.extensão, e a extensão pode ser: mac, bas, int, inc, obj.

1 0
0 64

Visão geral

A documentação online contém o tópico Defining and Using Class Queries (Definir e usar consultas de classe) para referência-

A personalização direta de procedimentos armazenados com ObjectScript tem sido útil para acessar o armazenamento NoSQL e as mensagens externas pela integração, para apresentar a saída em um formato tabular.

1 0
0 39

Como todos nós sabemos, o InterSystems IRIS possui uma ampla gama de ferramentas para melhorar a escalabilidade dos sistemas de aplicação. Em particular, muito foi feito para facilitar o processamento paralelo de dados, incluindo o uso de paralelismo no processamento de consultas SQL e o recurso mais chamativo do IRIS: o sharding. No entanto, muitos desenvolvimentos maduros que começaram no Caché e foram transportados para o IRIS usam ativamente os recursos de multimodelos deste DBMS, que são entendidos como permitindo a coexistência de diferentes modelos de dados dentro de um único banco de dados. Por exemplo, o banco de dados HIS qMS contém modelos de dados semânticos relacionais (registros médicos eletrônicos), relacionais tradicionais (interação com PACS) e hierárquicos (dados de laboratório e integração com outros sistemas). A maioria dos modelos listados é implementada usando a ferramenta qWORD do SP.ARM (um mini-DBMS que é baseado no acesso direto a globais). Portanto, infelizmente, não é possível usar os novos recursos de processamento de consulta paralela para escalonamento, uma vez que essas consultas não usam o acesso IRIS SQL.

Enquanto isso, conforme o tamanho do banco de dados cresce, a maioria dos problemas inerentes a grandes bancos de dados relacionais tornam-se adequados para os não relacionais. Portanto, esse é o principal motivo pelo qual estamos interessados ​​no processamento paralelo de dados como uma das ferramentas que podem ser usadas para escalonamento.

Neste artigo, gostaria de discutir os aspectos do processamento paralelo de dados com os quais tenho lidado ao longo dos anos ao resolver tarefas que raramente são mencionadas em discussões sobre Big Data. Vou me concentrar na transformação tecnológica de bancos de dados, ou melhor, em tecnologias de transformação de bancos de dados.

1 0
0 100

A versão mais recente do Serenji se concentra na experiência de depuração. Agora você não só pode depurar no local, não importa onde esteja ou o que estiver fazendo, mas também adicionamos alguns recursos menores que tornarão a depuração mais direta.

  • Executar e depurar CodeLenses - links clicáveis ​​acima de cada método de classe, procedimento, sub-rotina ou função extrínseca.
  • Solicitação intuitiva de pontos de entrada e argumentos - ao depurar um método de classe, produzir, sub-rotina ou função extrínseca.
  • Plano de fundo sombreado somente leitura - para diferenciar claramente entre documentos editáveis ​​e somente leitura.
  • Saída do programa no console de depuração - a saída é mostrada no console de depuração.
  • Comandos do Serenji nas árvores de namespace do Server Manager - permitindo que você inicie o Serenji por meio do Server Manager.

Saiba mais em nossas notas de lançamento aqui.

1 0
0 93

O AtScale extrai dados da base IRIS.

O produto AtScale forma um cubo OLAP virtual na camada intermediária, que pode ser acessado pelos aplicativos externos usando a linguagem padrão SQL e MDX (Expressões Multidimensionais). A solução inclui três componentes principais.

1 0
0 47