Oi comunidade,

Em um trabalho intenso de curadoria e qualidade de dados, a aplicação "health dataset" entrega os conjuntos de dados acima.

Esses conjuntos de dados podem ser utilizados no seu modelo ou aplicação de Machine Learning, AutoML e de aplicações analíticas. Veja mais detalhes aqui:

Instalação

1. Clone/git pull no repositório em qualquer diretório local

2 0
0 56
Artigo
Heloisa Paiva · Set. 22, 2022 5min de leitura
Python e IRIS na prática - com exemplos!

Aqui você vai encontrar um programa simples que usa Python em um ambiente de desenvolvimento IRIS e outro programa simples que sua ObjectScript em um ambiente de desenvolvimento Python. Além disso, gostaria de compartilhar alguns dos problemas que tive enquanto aprendia a implementar esses códigos.

Python em ambiente IRIS

Digamos, por exemplo, que você está desenvolvendo no IRIS e tem um problema que acha mais fácil ou mais eficiente de se resolver com Python.

4 0
0 56
Artigo
Larissa Prussak · Maio 7, 2021 1min de leitura
Ctrl+C / Ctrl+V no Terminal IRIS

É possível ativar Ctrl + C / Ctrl + V no Terminal IRIS para Windows.

Para fazer isso, abra o Terminal e selecione Editar> Configurações do usuário e habilite os aceleradores de edição do Windows. Esta configuração especifica se o Terminal habilita os atalhos de edição comuns do Windows (Ctrl + C, Ctrl + V, Ctrl + Shift + V), além dos atalhos de edição básicos do Terminal (Ctrl + Insert e Shift + Insert).

Depois disso, Ctrl + C / Ctrl + V funcionaria.

Além disso, os erros <SYNTAX> após copiar / colar incorreto desaparecem.

Docs.

1 0
0 55

Olá desenvolvedores!

Só quero compartilhar uma prática recomendada antiga, mas sempre relevante, sobre a alteração de namespaces @Dmitry Maslennikov compartilhada comigo (de novo).

Considere o método:

classmethod DoSomethingInSYS() as %Status

{

set sc=$$$OK

set ns=$namespace

zn "%SYS"

// try-catch in case there will be an error

try {

// do something, e.g. config change

}

catch {}

 zn ns    ; returning back to the namespace we came in the routine

return sc

}

E com o novo $namespace, o método pode ser reescrito como:

classmethod DoSomethingInSYS() as %Status

{

set sc=$$$OK

new $namespace

set $namespace="%SYS"

// do something

return sc

}

Então! A diferença é que não precisamos alterar o namespace manualmente, pois ele voltará automaticamente assim que retornarmos o método.

e não precisamos do try-catch (pelo menos para esse propósito) também.

3 0
0 54
Artigo
Gilleady Alves ... · Set. 2, 2022 1min de leitura
Definindo Business Operation

Para definir uma classe Business Operation, ela deve extender de "Ens.BusinessOperation" ou alguma subclasse dessa. Além disso, deve ser definido os parâmetros ADAPTER e INVOCATION (O qual deve especificar um dos valores: "Queue" ou "InProc"). Após isso, defina um bloco XDATA para mapear as mensagens recebidas para os respectivos métodos, como no exemplo abaixo:

Exemplo:

1 0
0 53

Introdução

Suponha que você desenvolveu uma nova aplicação utilizando a parte de Interoperabilidade do InterSystems IRIS e você tem certeza de que será um sucesso! No entanto, você ainda não tem um número concreto de quantas pessoas irão utilizá-la. Além disso, pode haver dias específicos em que há mais pessoas utilizando sua aplicação e dias em que quase ninguém irá acessar. Deste modo, você necessita de que sua aplicação seja escalável!

0 0
0 51
Artigo
ROBSON SERPA DA ROSA · Jun. 28, 2021 5min de leitura
Views materializadas

Uma VIEW em SQL é basicamente uma instrução SQL preparada.
Deve ser executado e montado como qualquer outra consulta SQL.
VIEW MATERIALIZADA significa que o conteúdo é coletado antes das mãos e pode ser recuperado com bastante rapidez.
Eu vi o conceito primeiro com meu concorrente favorito chamado O * e eles fizeram muito barulho sobre isso.


{ favorite: because I could win every benchmark against them devil }

1 0
0 49

De tempos em tempos recebemos a pergunta do título deste artigo no suporte, em situações onde algo ou alguém está utilizando mais licenças do que o esperado, e precisamos então identificar o quê.

Temos dois cenários. O primeiro cenário ocorre quando percebemos que as licenças acabaram através de uma aplicação que não funciona ou quando tentamos conectar ao terminal e recebemos a "graciosa" mensagem: <LICENSE LIMIT EXCEEDED>

1 0
0 49

O lançamento mais recente do Serenji apresenta nossa inovadora tecnologia gj :: locate. Era uma ferramenta autônoma que criamos originalmente para um concurso da Comunidade de Desenvolvedores no início deste ano, mas nós a incorporamos em nosso depurador após alguns ótimos comentários dos desenvolvedores.

Ele funciona navegando diretamente para a fonte de seus erros do lado do servidor em apenas alguns cliques - permitindo que você corrija os erros rapidamente sem a necessidade de contar linhas tediosas de código ... e sejamos realistas, quem tem tempo para que quando você está sob pressão para consertar esse bug?

É simples e fácil de usar:

1. Clique no painel gj :: locate na barra de status

2. Insira a mensagem de erro do ObjectScript ou a referência de linha de uma rotina class / .mac.

3. gj :: locate então faz o trabalho para você, levando-o diretamente para a linha correspondente em seu código-fonte.

Muito fácil ... e com tempo de sobra para fazer um café antes do prazo!

Abaixo há um link do vídeo que mostra isso em ação - diga-nos se você já tentou. Ou, se você estiver interessado em experimentá-lo, oferecemos uma licença de avaliação gratuita de 30 dias, apenas me mande uma mensagem através da Comunidade de Desenvolvedores ou envie um e-mail para info@georgejames.com.

Serenji 3.2.0 utilising gj::locate technology

1 0
0 45

Olá Comunidade!

Quero apresentar a você um novo recurso poderoso do objectscriptQuality, nosso analisador de código estático.

Cada vez que uma nova versão do IRIS é lançada, você precisa preparar um roadmap para a migração, gastando muito tempo em testes para descobrir onde o seu código não funciona com a versão mais recente. Ou, talvez, você precise que o seu código seja compatível com várias versões do IRIS ou Caché.

0 0
0 45
Artigo
Robert Cemper · Abr. 21, 2022 2min de leitura
Globals - Comparar Embedded Python e ObjectScript

Este exemplo demonstra a diferença de quando você acessa globais diretamente do
Embedded Python (ePy) comparado com o ObjectScript nativo (ISOS).

Para tornar este demo operacional, eu inicio 2 jobs em background, que irão escrever
sequencialmente na global dedicada. Um método de controle comum dispara uma execução síncrona.
De forma similar, outro método stop & view irá interromper o fluxo de dados.

2 0
0 44

As tecnologias da InterSystems são conhecidas por seus bancos de dados de alto desempenho, que suportam os sistemas e operações de muitas organizações. No entanto, um ingrediente chave para esse sucesso é a qualidade e a facilidade de manutenção de seu código.

A qualidade do código pode afetar tudo, desde a velocidade e facilidade de corrigir bugs e fazer melhorias, até o desempenho geral de sua organização e sua capacidade de chegar à frente no mercado.

Ao garantir que seu código seja sustentável, você pode reduzir aproximadamente 75% dos custos do ciclo de vida do sistema *. É por isso que, na George James Software, as soluções que construímos são sempre diretas e escritas em código de alta qualidade - porque sabemos que essa base sólida pode impactar positivamente o resto da sua organização.

Com um sistema que pode ser mantido, você pode reduzir a manutenção geral, pois qualquer problema que ocorra é significativamente mais rápido de identificar e corrigir. Isso significa que você está livre para alocar tempo e orçamento para melhorias, permitindo que você obtenha o máximo valor de suas aplicações e, em última análise, dê um melhor suporte à sua organização.

Fique atento às nossas próximas postagens sobre como é um sistema sustentável e as ferramentas que podem ajudá-lo a manter seu código sustentável, a fim de ajudá-lo a reduzir esses custos de manutenção.

2 0
0 41
Artigo
Yuri Marx · Nov. 30, 2021 3min de leitura
Aproveitando o banco de dados de auditoria

A InterSystems IRIS possui um ótimo sistema de auditoria. Ele é responsável por auditar eventos do sistema, mas você pode usá-lo para auditar seus aplicativos (ótimo recurso).

O sistema de auditoria é baseado no conceito de evento. Os eventos podem ocorrer com o IRIS ou em um aplicativo. Portanto, temos dois tipos de eventos para o sistema de auditoria:

1. Eventos do sistema: eventos ocorridos nos componentes IRIS da InterSystems (banco de dados, interoperabilidade, análise e core);

0 0
0 41

Recentemente comecei a estudar interoperabilidade e achei a documentação oficial muito útil para entender como funciona, mas ainda tive dificuldade para implementar sozinha. Com ajuda dos meus colegas de trabalho, consegui criar uma Demo de um sistema e aprender na prática. Por isso, decidi escrever esse post para ajudar outros a "colocar a mão na massa" e passar adiante a ajuda que tive.

5 0
1 39

Trabalhando com suporte, geralmente me perguntam por quantos dias devo manter um journals. Deve demorar dois dias ou depois de dois backups? Mais? Menos? Por que dois?

A resposta correta (para a maioria dos ambientes) é que você deve manter os journals desde o último backup validado. Ou seja, até que você não verifique se um backup é válido (restaurando o arquivo e verificando com o utilitário de integridade), você não pode ter certeza de que há uma boa cópia de seus dados e não pode limpar os journals com segurança.

1 0
0 39
Artigo
Larissa Prussak · Out. 8, 2021 1min de leitura
Depure várias sessões com Serenji 3.2

Olá desenvolvedores!

Incorporamos o suporte do VS Code para várias sessões de depuração simultâneas e consoles na versão mais recente do Serenji.

Portanto, se você estiver trabalhando com processos que se relacionam ou dependem uns dos outros, agora você pode depurá-los juntos. Basta iniciar uma segunda sessão de depuração do Serenji (F5) enquanto a primeira ainda está ativa

Este pequeno vídeo abaixo mostra como funciona. Esperamos que você ache este recurso útil!

Laurel

https://www.youtube.com/watch?v=cs6UiAvUj24

2 0
0 37