Caché: 2017.2.1.801.0

Fala pessoal, tenho uma dúvida relacionada um problema especifico que eu estou tentando entender, onde ainda não tenho muitas informações, porém estou tentando criar uma forma de levantar dados precisos para expor mais detalhes aqui na comunidade ou até mesmo consultar o suporte da IS, a questão é muito simples:

Precisava saber através de código/rotina a seletividade de uma propriedade de tabela, atualmente consigo realizar um SET utilizando o comando:

10
0 3 44

Junte-se à nós para mais um Webcast da InterSystems Brasil, desta vez em parceria com a Confluence Informática com o tema "Solução para Monitoramento e Auditoria de Integrações", que será realizado no dia 12 de novembro às 11h (Horário de Brasília).

Inscreva-se, as vagas são limitadas

50
0 0 21

Neste artigo eu gostaria de falar sobre a abordagem de especificação primeiro (spec-first) para o desenvolvimento de APIs REST.

Embora o desenvolvimento de API REST com código primeiro (code-first) tradicional seja assim:

  • Escrever o código
  • Habilitando-o com REST
  • Documentando-o (como uma API REST)

A especificação primeiro (spec-first) segue os mesmos passo, mas ao contrário. Começamos com uma especificação, também usando-a como documentação, geramos uma aplicação REST padrão a partir dela e, finalmente, escrevemos alguma lógica de negócios.

Isso é vantajoso porque:

  • Você sempre tem uma documentação relevante e útil para desenvolvedores externos ou front-end que desejam usar sua API REST
  • A especificação criada em OAS (Swagger) pode ser importada em uma variedade de ferramentas permitindo edição, geração de cliente, gerenciamento de API, teste de unidade e automação ou simplificação de muitas outras tarefas
  • Arquitetura de API aprimorada.  Na abordagem de código primeiro (code-first), a API é desenvolvida método a método então um desenvolvedor pode facilmente perder o controle da arquitetura geral da API, no entanto, com a especificação primeiro (spec-first), o desenvolvedor é forçado a interagir com uma API a partir da posição de um consumidor de API, o que geralmente ajuda no design de uma arquitetura melhor da API.
  • Desenvolvimento mais rápido - como todo código padrão é gerado automaticamente, você não terá que escrevê-lo, tudo o que resta é desenvolver a lógica de negócios.
  • Loops de feedback mais rápidos - os consumidores podem obter uma visão da API imediatamente e podem oferecer sugestões com mais facilidade, simplesmente modificando as especificações
    Vamos desenvolver nossa API em uma abordagem de especificação primeiro!
20
0 0 77

Olá Desenvolvedores !

 Neste artigo explico como você pode gerenciar as notificações da Comunidade de Desenvolvedores que você deseja receber.

 Antes de mais nada, depois de logado na comunidade, você deve selecionar na caixa de seleção sob seu nome a opção 'Minha Conta':

 

No menu seguinte deve-se então selecionar a opção 'Inscrições':

50
0 1 33
Artigo
Angelo Bruno Braga · Nov. 3, 2020 1min de leitura
Como inserir uma imagem em uma postagem

Oi!

Você pode inserir uma imagem em uma postagem de três maneiras:

  1. Envie-a a partir do disco rígido

Arraste e solte uma imagem a partir do seu disco para uma postagem e, depois, ajuste a largura.

  1. Copie e cole da área de transferência

Copie uma imagem para a área de transferência (Ctrl+C). Por exemplo, de outra página web ou de qualquer editor de texto e cole-a na postagem.

Veja como funciona:

50
0 0 23

Olá Desenvolvedores!

Aqui estão os bônus tecnológicos do Concurso de Interoperabilidade InterSystems que irão lhe dar pontos extras durante a votação:

  • Uso do Business Process BPL ou Business Rule DTL 
  • Uso de Adaptadores de Interoperabilidade Customizados
  • Uso da Production EXtension(PEX) Java ou .NET 
  • Uso do Workflow 
  • Implantação usando o pacote ZPM 
  • Uso de contêiner Docker 

Vejam os detalhes abaixo.

30
0 0 34

Desta vez, quero falar sobre algo não específico do InterSystems IRIS, mas que acho importante se você deseja trabalhar com Docker e seu servidor no trabalho é um PC ou laptop com Windows 10 Pro ou Enterprise.

Como você provavelmente sabe, a tecnologia de contêineres vem basicamente do mundo Linux e, hoje em dia, está em hosts Linux onde apresenta potencial máximo. Quem usa o Windows normalmente vê que tanto a Microsoft quanto o Docker têm feito esforços importantes nos últimos anos que nos permitem rodar contêineres baseados em imagens Linux em nosso sistema Windows de uma maneira muito fácil... mas é algo que não é suportado para sistemas em produção e, este é o grande problema, não é confiável se quisermos manter os dados persistentes fora dos contêineres, no sistema host... principalmente devido às grandes diferenças entre os sistemas de arquivos Windows e Linux. No final, o próprio Docker para Windows usa uma pequena máquina virtual Linux (_MobiLinux) para executar os contêineres... ele faz isso de forma transparente para o usuário do Windows... e funciona perfeitamente bem se, como eu disse, você não exigir que seus bancos de dados sobrevivam mais do que o contêiner...

Bem... vamos direto ao ponto... o ponto é que muitas vezes, para evitar problemas e simplificar, precisamos de um sistema Linux completo e, se nosso servidor for baseado em Windows, a única maneira de fazê-lo é por meio de uma máquina virtual. Pelo menos até o WSL2 no Windows ser lançado, mas isso será uma outra história e com certeza levará um pouco de tempo para se tornar robusto o suficiente.

Neste artigo, vou lhe dizer, passo a passo, como instalar um ambiente onde você poderá trabalhar, se precisar, com contêineres Docker em um sistema Ubuntu em seu servidor Windows. Vamos lá...

20
0 0 58

Fala pessoal, tudo bem?

Criar Database, Namespace, Aplicações REST utilizando o Portal de Administração são tarefas super simples!

Você só precisar de alguns poucos cliques, quer dizer, de muitos cliques, talvez até mais cliques do que você gostaria.

Agora, e se eu te contar que você pode trocar todos esses cliques por uma simples linha de comando?!

40
0 0 32

Olá Comunidade!

É com grande prazer que convidamos todos os desenvolvedores para o o próximo Webinar Inicial do Concurso de Interoperabilidade InterSystems! O assunto deste webinar é o Concurso de Interoperabilidade.

Neste webinar, nós iremos falar a respeito das funcionalidades de interoperabilidade de nossa plataforma de dados InterSystems IRIS, iremos fazer uma demonstração de como criar uma solução de interoperabilidade básica no IRIS e demonstrar como utilizar o PEX. Além disto iremos discutir e responder perguntas de como criar soluções de interoperabilidade utilizando as plataformas de dados InterSystems IRIS e IRIS for Health.

Dara e Horário: Segunda, 2 de Novembro — 12:00 BRT (horário de Brasília)

Palestrantes:  
🗣 @Stefan Wittmann, InterSystems Product Manager 
🗣 @Eduard Lebedyuk, InterSystems Sales Engineer
🗣 @Evgeny Shvarov, InterSystems Developer Ecosystem Manager


20
0 0 27
Olá desenvolvedores,

A InterSystems está propondo um novo e fácil desafio como parte do Global Summit 2020. Como vocês já sabem, as plataformas de dados IRIS Data Platform 2020.4 e IRIS for Health 2020.4 estão no momento em sua versão de prévia.  Nós estamos buscando melhorar a experiência dos desenvolvedores que pretendem migrar dos lançamentos anteriores em contêineres de 2020 destes produtos para a versão prévia 2020.4

Nós os convidamos para responder a pesquisa e ganhar 7000 pontos no Global Masters🎁

20
0 0 23
Artigo
Henrique Dias · Out. 26, 2020 3min de leitura
Painel IRIS History Monitor

Fala pessoal!


Quero dividir com vocês um projeto pessoal, que iniciou como um simples pedido no meu trabalho: 

É possível saber quantas licenças Caché estamos utilizando? 

Lendo outros artigos aqui na comunidade, eu encontrei este excelente artigo de David Loveluck 

80
0 0 46

Olá, desenvolvedores!

"objectscript.conn" :{
      "ns": "IRISAPP",
      "active": true,
      "docker-compose": {
        "service": "iris",
        "internalPort": 52773
      }

Quero compartilhar com vocês um novo recurso bem maneiro que descobri no novo lançamento 0.8 do plugin VSCode ObjectScript de @Dmitriy Maslennikov e CaretDev.

O lançamento traz uma nova configuração "docker-compose", que resolve o problema com as portas necessárias para fazer o VSCode Editor se conectar à IRIS. Não era muito conveniente se você tivesse mais de um contêiner Docker com a IRIS em execução na mesma máquina. Agora, esse problema foi resolvido!

Veja abaixo como funciona.

10
0 0 26
Pergunta
Eduardo Moreira · Out. 21, 2020
caché 2018

Local para baixar caché 2018. Possuo a licença para uso. Logo não pode ser a versão community pois não me deixa colocar a licença.

 

Grato e no aguardo

 

 

eduardo

 

 

10
0 3 48

A versão GA foi publicada para a versão 1.0 da extensão InterSystems ObjectScript para Visual Studio Code 1.0!
 
O produto deve ser instalado de dentro do Visual Studio Code IDE usando estas instruções gerais e pesquisando no mercado de extensões por "ObjectScript". Como alternativa, a instalação pode começar na lista do VS Code Marketplace. Os usuários devem aceitar os prompts para instalar também as extensões "InterSystems Server Manager" e "InterSystems Language Server".
 
A extensão ObjectScript inclui estes recursos principais:
·        Realce de sintaxe

10
0 0 18

Introdução

Estamos na era da economia multi-plataforma, e as API's são a "liga" deste cenário digital. Sendo tão importantes, elas são encaradas por desenvolvedores como um serviço ou produto a ser consumido. Assim sendo, a experiência na sua utilização é um fator crucial de sucesso.

80
2 2 127

Olá!

Se você está nesta página, é porque está na Comunidade de Desenvolvedores da InterSystems! 

Seja muito bem-vindo(a)!

Aqui é o melhor lugar para você conhecer e discutir os produtos e tecnologias da InterSystems: InterSystems IRIS, Caché, Ensemble, HealthShare e Tecnologias InterSystems.

Temos três tipos de conteúdo na Comunidade de Desenvolvedores (DC): artigos, perguntas e anúncios, além de respostas às perguntas e os vídeos.

130
0 0 124