Neste artigo iremos construir uma configuração IRIS de alta disponibilidade utilizando implantações Kubernetes com armazenamento persistente distribuído substituindo o "tradicional" espelhamento IRIS. Esta implantação será capaz de tolerar falhas relacionadas a infraestrutura como falhas em nós, armazenamento e de Zonas de Disponibilidade. A abordagem descrita reduz muito a complexidade da implantação em detrimento um objetivo de tempo de recuperação (RTO) ligeiramente estendido.

2 0
0 28