Artigo
Renan Santos · Abr. 10 4min de leitura

Utilizando HealthShare para normalização de resultados de SARS-CoV-2/COVID-19

A interoperabilidade é um dos assuntos mais discutidos nos últimos anos. Notamos cada vez mais que nossos dados de saúde estão sendo compartilhados entre vários sistemas, com o propósito de trazer para mais próximo o conceito de saúde do paciente em primeiro lugar.

Através da interoperabilidade, utilizamos diversos padrões de comunicação (independente de em qual linguagem/tecnologia determinado sistema é construído) para mover as informações entre diferentes sistemas. Cada dia é mais explicita a necessidade de haver não somente a troca de informações entre os sistemas (interoperabilidade funcional/técnica) mas também a utilização de mecanismos para que os dados possam compartilhar seus significados (interoperabilidade semântica), independente de sua origem. Desta forma, os dados sejam corretamente lidos/interpretados e que ações corretas possam ser tomadas com base nestes.

Neste fluxo de troca de informações entre diversos sistemas de saúde, normalizar os dados oriundos de sistemas heterogêneos é um dos principais caminhos para seguir a jornada do paciente focada nos cuidados aos indivíduos.

Nesse artigo vou demonstrar como podemos normalizar os dados enviados para o HealthShare utilizando o Gerenciamento de Terminologia, unificando resultados de PCRs de COVID-19 enviados por sistemas distintos.

Em um cenário fictício, para determinado paciente, alguns laboratórios fizeram o envio de mensagens HL7 de resultado de exame (2.5 - ORU_R01) utilizando codificação própria para identificação de pedido/resultado:

Laboratório A:

MSH|^~\&|LAB|LAB_A|||20220330140000||ORU^R01||P|2.5|||||BR|||
PID|1|1557714|||Filho^Jacinto^Oliveira||19900103|M|||Rua Jacinto Oliveira, 1^^São Paulo^SP^06326111|BR|||||||41211143538||||||||||||||||||||||
ORC|NW|00000012|||CM||||||||||||||||||||||||LAB||||||||||ORC|NW|2209179383|||CM||||||||||||||||||||||||LAB||||||||||
OBR|2||00000012|RT-PCR^RT-PCR/COVID 19^TABELAPROPRIA_LAB_A||20220330140000||||||||20220330140000||||||||20220330140000|||F|||||||||||||||||||
OBX|1|ST|RT-PCR^RT-PCR/COVID 19^TABELAPROPRIA_LAB_A||NEGATIVO||||||F|||20220330140000|||

Laboratório B:

MSH|^~\&|LAB|LAB_B|||20220407063102||ORU^R01||P|2.5|||||BR|||
PID|1|1907665|||Filho^Jacinto^Oliveira||19900103|M|||Rua Jacinto Oliveira, 1^^São Paulo^SP^06326111|BR|||||||41211143538||||||||||||||||||||||
ORC|NW|134556755||||CM|||||||||||||||||||||||LAB||||||||||
OBR|1||134556755|SARS-CoV-2^SARS-CoV-2^TABELAPROPRIA_LAB_B||20220407063102||||||||20220407063102||||||||20220407063102|||F|||||||||||||||||||
OBX|1|ST|SARS-CoV-2^SARS-CoV-2^TABELAPROPRIA_LAB_B||INCONCLUSIVO||||||F|||20220407063102|||

No HealthShare de início, essas informações são apresentadas de forma não-agrupada:

Clinical Viewer:

 


Health Insight:

     


Para normalizarmos estas informações, devemos primeiramente registrar as codificações (Coding Systems) no Gerenciamento de Terminologia do HealthShare no REGISTRY:

No menu de Gerenciamento acesse
 Code Registry:

 


Coding Systems de origem (próprias de cada laboratório, no exemplo):

Laboratório
 
A:
 

Laboratório B:
 


Coding Systems de destino (unificadas):
 


Após o registro da estrutura das informações, será necessário fazer as traduções entre os sistemas de origem e de destino, via Mapas de Tradução (Translation Maps):

No menu de Gerenciamento acesse 
Mapas de Tradução(Add/Edit Translation Maps):
 

Input dos De/Para entre os sistemas (manual):

Laboratorio A:
 

Laboratorio B:
 

Importante: para sistemas mais complexos, o registro dos translation maps pode ocorrer via importação de arquivos-fontes (.txt) em estrutura prevista na documentação do produto.

Após, cria-se um Perfil de Tradução (Translation Profile), vinculando as Coding Tables que serão normalizadas com os sistemas de codificação desejados:

No menu de Gerenciamento acesse Perfis de Tradução(Translation Profiles):

 

Normalização de LabResultItem (item de resultado do pedido):
 

Por último, configura-se o perfil de tradução escolhido acima como Community Profile (default para todo o HealthShare) no Registry Management:

Acesse Perfis de Registros de Configuração(Configuration Registry):
 

Para normalização do dados que entram no UCR: 
\Terminology\EdgeTranslationProfile = 
Código do Perfil

 

Para normalização dos dados no HI:
\Terminology\AnalyticsTranslationProfile = Código do Perfil

 

Após estas etapas de configuração, os dados recebidos serão apresentados de forma normalizada, tanto no Clinical Viewer quando no Health Insight:

Clinical Viewer:

 


Health Insight:

   

A normalização das informações de saúde pode contribuir para tomadas de decisões mais rápidas e pontuais, facilitando cada dia mais a obtenção e utilização de dados uniformes e melhorando a assertividade em diagnóstico e prevenção.

Um repositório unificado de saúde, do ponto de vista sistêmico, contribui fortemente para implementação da interoperabilidade funcional/técnica e semântica, pois com centralização da informação é possível de se analisar mais rapidamente os diversos dados dos pacientes e de desenvolver mais rapidamente tratativas para prevenções futuras, olhando sempre para os cuidados aos indivíduos.

Saiba mais em Traduzindo Terminologia no UCR

35
3 240
Discussão (15)4
Entre ou crie uma conta para continuar

Muito bom artigo!
Super didático e pode auxiliar outros colegas com situações similares que ainda não tenham utilizado as funcionalidades de Terminologia disponível no HS.  

Muito obrigado pelo feedback Danusa, espero que ajude os demais cada vez mais entender o HealthShare e suas facilidades no nosso dia a dia de interoperabilidade.

Parabéns pelo artigo, gostei muito da didática!

Parabéns Renan! Muito bom o artigo!

Ótimo trabalho! Parabéns pelo artigo

Informações explicitas, muito bom o artigo. Parabéns.

Muito obrigado pelo feedback Lealdo!

Muito obrigado pelo feedback Anelise!

Parabéns Renan! Belo trabalho demonstrando a usabilidade do HealthShare de forma simples e a importância da funcionalidade de terminologia para a interoperabilidade semântica. Não tenho dúvida que será útil e ajudará outros desenvolvedores.