Introdução

Em alguns dos últimos artigos, eu falei sobre tipos entre IRIS e Python, e ficou claro que não é tão fácil acessar objetos de um lado pelo outro.

Por sorte, o trabalho já foi feito para criar o SQLAlchemy-iris (clique no link para ver na Open Exchange), o que faz tudo muito mais fácil para o Python acessar os objetos do IRIS, e eu vou mostrar como começar.

3 2
0 272

Olá Comunidade,

Chegou a hora de iniciarmos o desenvolvimento dos relatórios utilizando o InterSystems IRIS Reports, powered by Logi Analytcs.

Lembrando que na primeira parte do artigo falamos o que é o InterSystems IRIS Reports, e como ele vem facilitar a vida dos desenvolvedores na entrega de relatórios, e na segunda parte executamos o procedimento de instalação dos ambientes server e designer e o procedimento para fazer o download dos binários de instalação!

Alguns conceitos importantes antes de iniciarmos o desenvolvimento sobre os tipos de relatórios que podemos desenvolver:

  • Estáticos: Os relatórios e seus resultados não podem ser modificados pelo usuário final. O layout e os dados inclusos são definidos pelo desenvolvedor.
  • Dinâmicos: Os relatórios podem ser modificados pelos usuários finais, como no estático o layout e dos dados são inclusos pelo desenvolvedor, porém o usuário final consegue modificá-los em tempo de execução.
  • Ad Hoc – Relatórios e dados são construídos e modificados em tempo de execução pelo usuário final.
3 2
0 273

Neste artigo, demonstro como criar uma coluna de tabela (antes chamada de "propriedades") com suas classes datatype personalizadas ao usar a DDL definida pelo usuário. As propriedades são um membro fundamental da definição de classe persistente. Datatypes são essenciais para definir os tipos de valores armazenados em uma coluna da tabela. Em geral, os nomes de datatype do SQL diferem dos datatypes da InterSystems, como VARCHAR = %String.

0 0
0 23

Nesta série de artigos, quero apresentar e discutir várias abordagens possíveis para o desenvolvimento de software com tecnologias da InterSystems e do GitLab. Vou cobrir tópicos como:

  • Git básico
  • Fluxo Git (processo de desenvolvimento)
  • Instalação do GitLab
  • Fluxo de trabalho do GitLab
  • Entrega contínua
  • Instalação e configuração do GitLab
  • CI/CD do GitLab
  • Por que contêineres?
  • Infraestrutura dos contêineres
  • CD usando contêineres
  • CD usando ICM

Neste artigo, vamos desenvolver a entrega contínua com o InterSystems Cloud Manager. O ICM é uma solução de provisionamento e implantação na nuvem para aplicativos baseados no InterSystems IRIS. Ele permite definir a configuração de implantação desejada e o ICM provisiona de maneira automática. Para mais informações, consulte First Look: ICM.

0 0
0 31

csp-log-tutorial

Pré-requisitos

Confira se o git está instalado.

Criei uma pasta git dentro do diretório mgr do IRIS. Cliquei com o botão direito do mouse na pasta git e escolhi Git Bash Here no menu de contexto.

git clone https://github.com/oliverwilms/csp-log-tutorial.git

Clone meu repositório do GitHub csp-log-tutorial se quiser testar você mesmo.

0 0
0 13

Olá, desenvolvedores!

Muitos de vocês publicam suas bibliotecas InterSystems ObjectScript no Open Exchange e GitHub.

Mas o que você faz para facilitar o uso e a colaboração do seu projeto por desenvolvedores?

Neste artigo, quero apresentar uma maneira fácil de iniciar e contribuir com qualquer projeto ObjectScript apenas copiando um conjunto padrão de arquivos para o seu repositório.

Vamos lá!

4 0
0 366

Introdução

Esse é um tutorial simples da forma mais rápida que eu achei para criar uma base de dados de exemplo para quaisquer razões, como realizar testes, fazer exemplos para tutoriais, etc.

Criando um namespace

  1. Abra o terminal
  2. Escreva o comando "D $SYSTEM.SQL.Shell()"
  3. Escreva"CREATE DATABASE " e o nome desejado para o namespace.

Agora você tem um namespace novo de uma forma muito mais rápida que criando pelo Portal de Administração - que é claro que oferece muito mais opções de configuração.

1 0
0 41

O Subsistema Windows para Linux (WSL) é um recurso do Windows que permite executar um ambiente do Linux na sua máquina do Windows, sem precisar de uma máquina virtual separada ou inicialização dupla.

O WSL foi projetado para oferecer uma experiência perfeita e produtiva a desenvolvedores que querem usar ambos o Windows e o Linux ao mesmo tempo**.

0 0
0 19

Olá, desenvolvedores!

Suponha que você publicou sua aplicação no Open Exchange com a versão 1.00. E, então, você adicionou um novo recurso excelente e faz um novo lançamento.

Você também pode fazer um novo lançamento da sua aplicação no Open Exchange.

Por que fazer lançamentos no Open Exchange?

Esta é uma maneira de você destacar os novos recursos da sua aplicação. Quando você publica um novo lançamento, acontece o seguinte:

As notas de lançamento aparecem na página de Notícias do Open Exchange

A versão de sua aplicação muda

2 0
0 46
Artigo
· Mar. 10, 2023 3min de leitura
Criando uma conexão ODBC - passo a passo

Introdução

Esse artigo tem a intenção de ser um simples tutorial sobre como criar conexões ODBC e trabalhar com elas, já que eu achei o assunto um pouco confuso quando estava começando, mas tive pessoas incríveis que pegaram minha mão e me guiaram para conseguir, e eu acredito que todos merecem esse tipo de ajuda também.

Vou dividir cada pequena parte em seções, então sinta-se à vontade para pular para a que sentir necessidade, apesar de eu recomendar ler o texto na íntegra.

2 0
0 167
Artigo
· Dez. 21, 2020 9min de leitura
Um tutorial sobre WebSockets

Introdução

A maior parte da comunicação servidor-cliente na web é baseada em uma estrutura de solicitação e resposta. O cliente envia uma solicitação ao servidor e o servidor responde a esta solicitação. O protocolo WebSocket fornece um canal bidirecional de comunicação entre um servidor e um cliente, permitindo que os servidores enviem mensagens aos clientes sem primeiro receber uma solicitação. Para obter mais informações sobre o protocolo WebSocket e sua implementação no InterSystems IRIS, consulte os links abaixo.

1 0
0 928
Artigo
· Fev. 23, 2021 2min de leitura
Intersystems IRIS Reports

Olá comunidade,

Todos nós já conhecemos o poder da solução InterSystems IRIS Data platform ou IRIS for Health, a facilidade de desenvolver aplicações utilizando Object Script, Java, Node.JS, Python, .NET, com alto desempenho e confiabilidade do nosso banco de dados multi-modelo altamente escalável de forma horizontal ou vertical, o poder da interoperabilidade entre aplicações, com outros bancos de dados, a possibilidade de integrar utilizando diversos protocolos como REST, SOA, MQTT, FTP, etc., a nossa solução de BI, NLP, tudo em um mesmo binário, em uma mesma plataforma, o que facilita a vida do desenvolvedor a entregar soluções inovadoras e confiáveis!

Mesmo entregando soluções inovadoras, existe um desafio diário para muitos desenvolvedores, demandada pelas áreas de negócios, seja para entregar informação para clientes e ou usuários internos/externos etc., que são os relatórios.

4 0
0 138

Meu servidor IRIS desapareceu devido ao upgrade da versão docker, sendo que criei o servidor IRIS a partir do contêiner docker.

Com base nessa experiência, queria mostrar como fazer o backup do servidor IRIS antes do upgrade da plataforma ou do docker e o processo de reconstrução do IRIS em um novo ambiente.

Processo de backup do servidor IRIS

Após terminar de criar o servidor IRIS, você precisa fazer um backup.

Recomendo que você faça o backup antes do upgrade se tiver classes, rotinas e globais que quer manter ao reconstruir seu ambiente.

0 0
0 27

Olá comunidade,

Vamos para a 2º parte do artigo InterSystems IRIS Reports.

Somente relembrando na primeira parte do artigo falamos dos desafios existentes para atender a demanda das áreas de negócios, clientes ou usuários finais com a entrega de relatórios em diversos formatos e suas melhorias, e como o InterSystems IRIS Reports vem para facilitar está demanda, facilitando o desenvolvimento, a administração, o deploy de relatórios em diversos formatos, bem como a automação da distribuição por e-mail ou pastas e integração (build-in) em suas aplicações já existentes!

O InterSystems IRIS Reports, powered by Logi Report se encontra disponível para download no WRC (https://wrc.intersystems.com/wrc/coDistribution.csp), lembrando que para clientes que já possuem o licenciamento InterSystems IRIS Advanced Server ou InterSystems IRIS Advanced for Health, precisam somente abrir um chamado solicitando o serial para a instalação do InterSystems IRIS Reports, sem custo adicional.

Como mencionando no artigo anterior o InterSystems IRIS Reports é divido em dois componentes:

Server: O ambiente servidor tem a sua finalidade de administrar as configurações e segurança. É também onde os usuários finais via browser têm acesso aos relatórios, você pode agendar execução de relatórios, aplicar filtros e modificar os relatórios disponibilizados.

Designer: O ambiente designer por sua vez é onde os relatórios são desenvolvidos. É possível visualizar os relatórios antes de disponibilizar acessando diretamente a bases de dados.

3 0
0 206

Oi, pessoal!

Neste artigo, quero revisar as extensões do VS Code que uso para trabalhar com a InterSystems e que facilitam muito meu trabalho. Tenho certeza de que este artigo será útil para quem está apenas começando a jornada de aprendizado das tecnologias da InterSystems. No entanto, também espero que este artigo seja útil para desenvolvedores com vários anos de experiências e abra novas possibilidades de uso do VS Code para desenvolvimento.

1 0
0 83

Prefácio

O InterSystems IRIS a partir da versão 2022.2 inclui a capacidade de autenticar uma API REST usando JSON web tokens (JWTs). Esse recurso aprimora a segurança ao limitar quando e com que frequência as senhas são transferidas pela rede, além de definir um tempo de expiração para o acesso.

O objetivo deste artigo é servir como um tutorial de como implementar uma API REST simulada usando o InterSystems IRIS e bloquear o acesso a ela com JWTs.

0 0
0 86

Olá comunidade,

Nesta 4ª parte vamos falar de uma funcionalidade do InterSystems IRIS Reports chamada de “Bursting”. Vamos primeiro relembrar o que já vimos até o momento.

Entendemos o que é o InterSystems IRIS Reports, instalamos os ambientes: Designer e Server, verificamos os diversos tipos e formatos de relatórios que podemos desenvolver, e entendemos como distribuir um relatório em diversos formatos.

Mas afinal o que é o “Bursting”? Antes de demonstrar está funcionalidade em ação, vamos primeiro refletir sobre a sua necessidade.

Todos nós já nos deparamos com necessidade de processar relatórios com milhares de linhas, e este tipo de relatório normalmente tem um alto custo de processamento no banco de dados com milhares de linhas que não são destinadas a um único usuário, você precisa segregar as informações por região, por alguma categoria seja de produto ou um tipo de exame, ou por alguma hierarquia existente para o seu tipo de negócio. Sem o InterSystems IRIS Reports, você precisaria desenvolver uma ou mais queries aplicando técnicas para filtrar dados com as opções de “filtro” que usuário precisa ou pode ter acesso, e podem ocorrer mais de uma execução por diversos usuários ao longo do dia.

1 0
0 140

Programação e suas linguagens

Ser um programador hoje em dia é basicamente uma versão nerd de ser um poliglota. Claro, a maioria de nós aqui na comunidade InterSystems "falamos ObjectScript". Entretando, eu acredito que essa não foi a primeira língua de muita gente. Por exemplo, eu nunca tinha ouvido falar nela antes de receber o treinamento apropriado na Innovatium.

2 0
0 58

Eu escrevi um tutorial passo a passo no repositório qewd-howtos sobre como você pode escrever aplicativos da web Node.js de última geração de várias páginas usando o QEWD-Up WebSocket/REST api back-end integrado com um framework da web como NuxtJS e Vue.js. Em particular com o mais recente framework NuxtJS/Vue.js , escrever aplicativos da web torna-se divertido novamente, permitindo que você escreva seus aplicativos de forma muito eficiente, ocultando todo o código template de você.

O tutorial deve ser muito fácil de fazer em sua máquina de desenvolvimento e consiste em duas partes:

Você pode simplesmente clonar as configurações de demonstração do GitHub e executá-las em sua máquina de desenvolvimento usando Visual Studio Code onde sua instância de desenvolvimento IRIS / Caché está rodando. A demonstração é mantida o mais fácil possível, mas contém todas as etapas principais de que você precisa para começar a escrever aplicativos da vida real..

2 0
0 257
Artigo
· jan 26, 2022 4min de leitura
Migrando para o InterSystems IRIS (Parte 1)

Olá, comunidade, este artigo tem como o objetivo dar discas à clientes e parceiros que estão migrando ou tem planos de migrar as atuais aplicações que estão em InterSystems Caché e InterSystems Ensemble para a plataforma de dados Intersystems IRIS.

6 0
3 236

Você já deve ter ouvido falar que, a partir das versões IRIS e HealthShare HealthConnect 2023.2, o Apache Server interno será removido da instalação padrão, então será necessário ter um servidor de aplicativos externo como Apache Server ou NGINX.

Neste artigo, procederei à instalação de um HealthShare HealthConnect 2023.1 para que funcione com um servidor Apache pré-instalado. Para isso usarei uma máquina virtual na qual instalei um Ubuntu 22.04.

3 0
0 50
Artigo
· Ago. 21, 2023 3min de leitura
Usando JSON no IRIS

Outro dia, vi um artigo sobre o uso do pacote %ZEN ao trabalhar com JSON e decidi escrever um artigo descrevendo uma abordagem mais moderna. Recentemente, houve uma grande mudança no uso de %ZEN.Auxiliary.* para as classes JSON dedicadas. Isso permitiu o trabalho mais orgânico com JSONs.

Portanto, há basicamente 3 classes principais para trabalhar com o JSON:

  • %Library.DynamicObject - oferece uma maneira simples e eficiente de encapsular e trabalhar com documentos JSON padrão. Além disso, há outra possibilidade além de escrever o código habitual para criar a instância de uma classe desta maneira
set obj = ##class(%Library.DynamicObject).%New()

É possível usar a seguinte sintaxe

set obj = {}
  • %Library.DynamicArray - oferece uma maneira simples e eficiente de encapsular e trabalhar com arrays JSON padrão. Com arrays, é possível usar a mesma abordagem com objetos, ou seja, você pode criar uma instância da classe
set array = ##class(%DynamicArray).%New()

Ou fazer isso usando colchetes []

set array = []
  • %JSON.Adaptor é uma maneira de mapear objetos do ObjectScript (registrado, serial ou persistente) para entidades dinâmicas ou texto JSON.

2 0
1 45
Artigo
· Ago. 21, 2023 4min de leitura
Editor SQL do IRIS e CONEXÃO JAVA DO IRIS

WIN SQL é o editor usado pela maioria dos usuários. No entanto, não é possível fazer o download de grandes quantidades de dados usando o winsql . Então, escrevi um tutorial sobre como fazer a conexão com um novo editor baseado em Java chamado Squirrel SQL, que permite fazer o download ou exportar dados facilmente em excel ou qualquer outro formato. Também incluí um programa de conexão JDBC do Java para se conectar com um banco de dados do IRIS, particularmente um servidor de espelhamento/tolerante a falhas.

2 0
0 34